Ação da Portugal Telecom cai com incerteza sobre Vivo

sexta-feira, 16 de julho de 2010 09:53 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A ação da Portugal Telecom caía nesta sexta-feira, em meio a preocupações de que um apoio do conselho da companhia à oferta de 7,15 bilhões de euros da Telefónica pela participação da companhia na Vivo não ocorra até o final do dia, prazo final da proposta.

O conselho não alcançou uma decisão na quinta-feira e vai se reunir novamente nesta sexta-feira para tentar chegar a um consenso.

Fontes próximas às negociações afirmaram que a reunião do conselho deve ter início perto do encerramento do mercado em Lisboa, às 17h (13h, horário de Brasília).

As ações da Portugal Telecom, que chegaram a subir mais de 3 por cento na sessão anterior, caíam 2,12 por cento às 7h29.

"O que temos é uma realização de lucro depois da alta de ontem, com a ação sendo atingida por persistentes níveis de incerteza sobre se um acordo poderá ser alcançado ou não", disse Teresa Lourenço, operadora da corretora Orey iTrade, em Lisboa.

"A expiração da oferta coloca algumas pressões sobre os investidores", disse ela.

A proposta da Telefónica, que tem interesse em assumir o controle completo da Vivo, já foi prorrogada depois que o governo português usou sua golden share na Portugal Telecom para barrar a venda da participação há duas semanas.

Representantes de bancos e analistas se mostram céticos de que ambos os lados poderão encontrar uma solução comum ainda nesta sexta-feira.

(Por Daniel Alvarenga e Shrikesh Laxmidas)