July 16, 2010 / 2:35 PM / in 7 years

Apple enfrenta críticas por falha no iPhone

4 Min, DE LEITURA

Por Gabriel Madway

SAN FRANCISCO, 15 de julho (Reuters) - A Apple deve anunciar nesta sexta-feira um reparo para os problemas de recepção do iPhone 4, em lugar de convocar um recall do aparelho, e espera conter o crescente coro de queixas e evitar danos duradouros à sua imagem.

A Apple, que surpreendeu consumidores e investidores ao convocar uma entrevista coletiva sobre o iPhone 4, manteve o silêncio sobre o que fará. Mas os analistas estão apostando que a companhia não vai fazer um recall, apesar de processos judiciais, uma crítica desfavorável na revista Consumer Report e queixas cada vez mais intensas dos usuários.

Os investidores esperam uma explicação mais completa sobre o que analistas definem como questão menor, mas que ainda assim causou uma tempestade de críticas na mídia. A crescente insatisfação sobre os problemas de intensidade de sinal no iPhone 4 prejudicaram as ações da Apple nos dias que antecedem o anúncio de seus resultados trimestrais, dentro de uma semana.

Desde 28 de junho, dias depois do lançamento, quando as queixas sobre problemas de recepção começaram a surgir em sites de tecnologia, a Apple perdeu cerca de 16 bilhões de dólares em valor de mercado, e ao menos parte dessa perda se deve à controvérsia do iPhone.

As ações da empresa chegaram a mostrar queda de 2,1 por cento na quinta-feira, antes de fecharem a 251,45 dólares, com recuo de 0,5 por cento, na Nasdaq.

"Acreditamos que a Apple precise ser mais pró-ativa na identificação e solução dos problemas do iPhone 4", escreveu Keith Bachman, analista da BMO Capital Markets, em nota de pesquisa. "Há um risco real de que, se a imprensa continuar mencionando esse assunto, o crescimento do iPhone 4 se desacelere."

Alguns analistas sugeriram que a Apple poderia simplesmente oferecer estojos gratuitos de proteção para o aparelho, que impedem interferência no sinal, a um custo de 1 a 2 dólares por unidade para a empresa.

Essa solução custaria cerca de 45 milhões de dólares, de acordo com uma estimativa. Um programa de reparo conduzido nas lojas da empresa poderia custar até 300 milhões de dólares.

A Bloomberg e o Wall Street Journal publicaram na quinta-feira que a engenheiros da Apple tinham alertado o presidente-executivo da empresa, Steve Jobs, nos estágios iniciais do desenvolvimento do iPhone 4, sobre problemas na antena. Ambos os veículos citaram fontes próximas do assunto.

O porta-voz da Apple, Steve Dowling, disse que a notícia da Bloomberg "não é verdadeira" e mais tarde negou comentar as informações publicadas pelo Wall Street Journal.

Alguns usuários do aparelho reclamam que a recepção do sinal fica fraca quando o celular é segurado de uma certa forma, o que tem ganhado o apelido de "iPhone 4 death grip".

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below