Decisão sobre venda da Vivo está nas mãos de Lisboa diz banco

sexta-feira, 16 de julho de 2010 14:18 BRT
 

LISBOA, 16 de julho (Reuters) - A parceria da Portugal Telecom com a Telefónica se esgotou e a empresa portuguesa deve vender sua participação na Vivo, afirmou o Banco Espírito Santo, importante acionista do grupo português, nesta sexta-feira.

Segundo a agência oficial de notícias de Portugal, Lusa, Ricardo Salgado, presidente-executivo do BES, afirmou que a Portugal Telecom tem que usar os recursos da venda para preparar novas parcerias com grupos brasileiros.

A Telefónica ofereceu 7,15 bilhões de euros pela parte da Portugal Telecom na Vivo.

O executivo, segundo a agência, disse que aguarda ansiosamente a decisão do conselho da Portugal Telecom, que se reúne nesta sexta-feira para decidir sobre a oferta da Telefónica, mas acrescentou que após o uso da golden share pelo governo português para vetar a operação no mês passado, "a decisão está mais nas mãos do governo".