Portugal Telecom comprará participação na Oi--jornal

terça-feira, 20 de julho de 2010 07:25 BRT
 

MADRI (Reuters) - A Portugal Telecom pode concordar em vender à Telefónica sua participação na Vivo dentro de alguns dias, após se comprometer em comprar a quarta maior operadora móvel do Brasil, a Oi, informou o jornal espanhol El Economista, citando fontes financeiras.

A Portugal Telecom assinou um acordo preliminar com a Oi válido até o fim da próxima semana, para comprar uma participação assim que tiver vendido sua parte na Brasilcel, joint venture que a companhia portuguesa tem com a Telefónica e que controla a Vivo.

O El Economista não detalhou o tamanho da participação nem deu mais detalhes sobre quem concordou em vendê-la.

"No contrato preliminar, algumas cláusulas foram pré-estabelecidas para penalizar severamente o não cumprimento do acordo por ambas as partes (Portugal Telecom e Oi)", afirmou o jornal.

"Em outras palavras, a Portugal Telecom não terá outra opção a não ser ir rapidamente bater na porta da Telefónica para recuperar os acordos verbais estabelecidos por ambos grupos nos últimos dias."

A Telefónica deve manter sua oferta de 7,15 bilhões de euros (9,28 bilhões de dólares) aos acionistas da Portugal Telecom, apesar de a oferta ter expirado na sexta-feira, disse o jornal.

Adquirir um ativo alternativo na Oi irá persuadir o governo português a retirar seu veto à venda da Vivo para a Telefónica, acrescentou a publicação.

Um porta-voz da Telefónica disse que a oferta não está mais em discussão e que a empresa contratou um escritório de advocacia para encerrar a Brasilcel.

As ações da Portugal Telecom chegaram a subir mais de 3 por cento.

(Por Sarah Morris)