20 de Julho de 2010 / às 11:54 / 7 anos atrás

Câmbio afeta lucro da Net no 2o tri; receita sobe

Por Rodolfo Barbosa

SÃO PAULO (Reuters) - A Net, maior empresa de TV paga do Brasil, teve seu resultado trimestral prejudicado pela variação cambial, com uma queda no lucro líquido. Apesar disso, o crescimento da receita e da geração de caixa deixam a empresa firme em suas metas de investimento e margens para 2010.

A base de clientes em TV por assinatura subiu 12 por cento em relação ao segundo trimestre do ano passado, para 3,9 milhões de usuários, segundo divulgou a companhia nesta terça-feira. A taxa de perda de clientes (churn) nos últimos 12 meses foi de 15,2 por cento, queda de 0,3 ponto percentual contra igual período anterior.

Já a base de assinantes de banda larga cresceu 19 por cento em 1 ano até junho, para 3,1 milhões de assinantes, enquanto que em telefonia subiu 21 por cento, para quase 2,8 milhões de usuários.

A Net encerrou junho com 10,85 milhões de unidades geradoras de receita, crescimento de 16 por cento sobre um ano antes.

"A aceleração do crescimento da base de acessos de TV no segundo trimestre ante o primeiro trimestre e o quarto trimestre de 2009 é a sinalização mais importante deste resultado", apontou a analista Luciana Leocadio, da corretora Ativa.

As ações da Net registravam alta de 3,64 por cento às 16h13, para 18,80 reais. No mesmo horário, o Ibovespa subia 1,79 por cento.

A companhia teve lucro líquido de 56 milhões de reais no segundo trimestre, queda de 69 por cento em relação a igual período de 2009, devido à perda contábil com variações cambiais de abril a junho deste ano.

"É um pouco difícil falar sobre esse impacto (cambial) mais adiante, a gente não tem uma ideia muito clara do que pode ocorrer com o câmbio. Se o cenário continuar no ritmo que vemos, há uma boa chance de apreciação da moeda e a tendência é ter um movimento no sentido oposto (nos próximos trimestres)", afirmou o presidente da Net, José Antônio Felix.

A variação cambial foi negativa em 15,9 milhões de reais no resultado da Net no segundo trimestre de 2010, ante resultado positivo de 133,1 milhões de reais um ano antes. Isso é explicado pela desvalorização do real frente ao dólar nos três meses até junho, que trouxe perda sobre empréstimos em moeda norte-americana. Em igual intervalo de 2009, houve valorização do real.

Para o vice-presidente financeiro, João Elek, apesar da perda contabilizada no resultado trimestral, "o custo do dinheiro no mercado internacional está muito mais vantajoso, tomamos dívidas em condições adequadas, protegendo nosso fluxo de caixa".

RECEITA E EBITDA MAIORES

A Net registrou alta de 19 por cento na receita líquida no segundo trimestre de 2010 na comparação anual, para 1,3 bilhão de reais. A receita média por domicílio (Arpu) subiu 2 por cento, para 135,44 reais.

A geração de caixa medida pelo Ebitda --sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação-- subiu 30 por cento em relação ao segundo trimestre do ano passado, para 375 milhões de reais, com a margem em 29 por cento, no teto da faixa estimada pela empresa de 26 a 29 por cento para o ano.

A empresa reiterou o plano de investir 1,2 bilhão de reais no ano. De abril a junho, o total investido foi de 316,2 milhões de reais, a maior parte em compra de equipamentos e instalação de serviços.

Edição de Cesar Bianconi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below