Portugal Telecom nega que comprará participação na Oi

terça-feira, 20 de julho de 2010 16:03 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A Portugal Telecom negou nesta terça-feira informação veiculada em jornal de que teria feito acordo para comprar uma fatia da quarta maior operadora de telefonia móvel do Brasil, a Oi.

"Após a publicação hoje pelo jornal espanhol El Economista, a Portugal Telecom visa esclarecer que não assinou qualquer pré-acordo ou acordo com o objetivo de adquirir uma participação acionária na Oi", afirmou a companhia portuguesa.

Citando fontes financeiras, o jornal disse que a Portugal Telecom havia assinado um pré-acordo com a Oi, válido até o fim da próxima semana, para comprar uma fatia da empresa brasileira após a venda de sua participação na maior operadora móvel do Brasil, Vivo, para a Telefónica, sua parceira na joint venture brasileira.

A oferta de 7,15 milhões de euros (9,24 milhões de dólares) da Telefónica pela fatia da portuguesa na Vivo venceu na sexta-feira. No mês passado, acionistas da Portugal Telecom aprovaram a venda por maioria, mas o governo português vetou o acordo.

(Reportagem de Shrikesh Laxmidas e Sarah Morris)