Lucro da Ericsson fica abaixo do esperado por escassez de peças

sexta-feira, 23 de julho de 2010 07:55 BRT
 

ESTOCOLMO (Reuters) - A Ericsson apresentou lucro menor que o esperado no segundo trimestre, levando o mercado a permanecer cauteloso quanto à possibilidade de investimentos e escassez de componentes novamente afetarem as vendas da maior fabricante mundial de equipamentos para redes móveis de telecomunicações.

Ressaltando um problema que as rivais Nokia Siemens Networks e Alcatel-Lucent também citaram este ano, a Ericsson afirmou que uma escassez em toda a indústria de componentes e gargalos na cadeia de suprimentos pesaram sobre o volume de negócios.

A Ericsson estima que o problema tenha resultado em uma perda de 3 bilhões a 4 bilhões de coroas suecas (411 milhões a 548 milhões de dólares) nas vendas trimestrais.

"Considerando as melhores hipóteses, haverá uma melhora gradual no segundo semestre deste ano", disse o presidente da companhia, Hans Vestberg.

O lucro operacional da Ericsson, excluindo joint ventures e custos com reestruturação, ficou em 5,3 bilhões de coroas suecas (715 milhões de dólares), abaixo da estimativa de 5,8 bilhões de coroas, conforme perquisa da Reuters, e do ganho de 6,1 bilhões um ano antes.

As vendas do grupo caíram 8 por cento na comparação anual, para 48 bilhões de coroas suecas, ante previsão de 50,5 bilhões.

Já a margem bruta, de 39 por cento, ficou bem acima das projeções em decorrência de corte de custos e mix de produtos favorável.