Telefónica deve compensar fraqueza na Espanha com América Latina

sexta-feira, 23 de julho de 2010 08:47 BRT
 

MADRI, 23 de julho (Reuters) - A Telefónica apresenta na próxima quinta-feira seu resultado para o segundo trimestre, que deve mostrar ligeiro crescimento em vendas e lucro graças à firmeza dos negócios da companhia na América Latina.

Segundo pesquisa com 10 analistas, o lucro vai subir 1,6 por cento, para 3,678 bilhões de euros, sobre vendas 3,5 por cento maiores, a 28,549 bilhões de euros.

"A América Latina compensará os negócios na Espanha?", questiona o Citi em nota antes dos resultados, apontando que segue cauteloso sobre o mercado doméstico da empresa por conta da atual crise e que espera melhoras nos negócios da empresa no Brasil e Colômbia, além de impacto positivo da valorização de algumas moedas contra o euro.

Ainda, operadores disseram que grande parte da atenção do mercado se voltará para os comentários da Telefónica sobre a luta pelo controle da Vivo, depois que o grupo espanhol retirou oferta de 7,15 bilhões de euros pela parte da Portugal Telecom na operadora brasileira.

A disputa parece desembocar em um processo de arbitragem depois que o governo português usou sua golden share para vetar a venda da Vivo à Telefónica.