LG Display enfrenta dificuldade para atender demanda do iPad

sexta-feira, 23 de julho de 2010 10:34 BRT
 

SEUL, 23 de julho (Reuters) - A LG Display pode reduzir sua produção de telas de cristal líquido (LCD) a partir do mês que vem, devido à queda na demanda dos fabricantes de televisores, mas é incapaz de atender à forte demanda de telas para o tablet iPad, da Apple, informou o presidente-executivo.

"Estamos operando a plena capacidade, agora, mas estudando a possibilidade de cortes de produção em agosto", disse Kwon Young-soo, presidente-executivo da LG Display, a jornalistas. "O nível de redução será inferior à média do setor."

O efeito das crises de dívida no sul da Europa é a única grande preocupação para a LG Display, mas Kwon informou que a demanda geral por LCD pode se recuperar a partir de setembro, bem como os preços dos painéis planos. A LG Display anunciou na quinta-feira que seu lucro no segundo trimestre mais que dobrou, para 726 bilhões de wons (603,5 milhões de dólares).

"Esperamos que o mercado melhore a partir de setembro, e que os preços se estabilizem", disse Kwon.

A empresa é fornecedora de componentes para o iPad, que vendeu 3,47 milhões de unidades desde seu lançamento em abril, e Kwon disse que a LG Display não será capaz de atender à crescente demanda da Apple.

"A demanda (da Apple) continua a crescer e não seremos capazes de atendê-la plenamente. A Apple pode ter que retardar o lançamento do iPad em alguns países devido à escassez de componentes", afirmou.

"Estamos considerando ampliar as linhas de produção de produtos iPad, mas em termos gerais a oferta deve se manter apertada até o começo do ano que vem", acrescentou.

A Apple anunciou esta semana que planejava começar a vender o iPad em nove novos mercados internacionais na sexta-feira, o que faria com que o aparelho esteja disponível em 19 países.

Os analistas antecipam alta na demanda pelo iPad nos próximos trimestres. O grupo de pesquisa iSuppli esta semana elevou em 82 por cento sua projeção de venda para o iPad este ano, a 13 milhões de unidades.

A LG Display, que planeja investimentos de 5,5 trilhões de wons este ano, anunciou na quinta-feira um plano de investimento de 618 bilhões de wons para elevar sua capacidade de produção de telas planas de pequeno porte para uso em celulares e computadores tablet.

 
<p>Pesquisadores da LG Display trabalham na linha de produ&ccedil;&atilde;o dos produtos de LCD na principal f&aacute;brica da companhia em Paju, norte de Seul. Foto divulgada em 22 de junho de 2010. REUTERS/LG Display/Divulga&ccedil;&atilde;o</p>