ENTREVISTA-Portugal Tel ainda não decidiu como aplicar dinheiro

quarta-feira, 28 de julho de 2010 12:09 BRT
 

LISBOA (Reuters) - O conselho da Portugal Telecom ainda não decidiu como a empresa vai aplicar os recursos remanescentes de 3,7 bilhões de euros da venda da Vivo após comprar a participação na Oi, afirmou o presidente-executivo da companhia, Zeinal Bava.

Ele adiantou à Reuters que a Portugal Telecom "tem um sólido histórico de remuneração aos acionistas" e que seus acionistas "estão confortáveis com os ratings da empresa e com a política de remuneração até hoje".

Bava acrescentou que a compra de uma posição minoritária na Oi vai gerar valor para a Portugal Telecom já em 2010 e 2011. O executivo ressaltou que a companhia não é um mero investidor financeiro na empresa brasileira, tendo direitos de veto.

O conselho da Portugal Telecom aprovou a venda de sua posição na Vivo à Telefónica por 7,5 bilhões de euros e a Portugal Telecom anunciou uma parceria estratégica com a Oi.

"Não é uma transação simples e há um conjunto de passos que temos de dar com os nossos parceiros brasileiros, antes de podermos celebrar o sucesso", disse.

"Mas atingimos um marco significativo ao fazermos o anúncio de hoje e esperamos que o nosso trabalho árduo seja recompensado nos próximos meses."