Regulador saudita diz que bloqueio a BlackBerry começa na 6a

terça-feira, 3 de agosto de 2010 20:03 BRT
 

RIAD (Reuters) - A agência reguladora de telecomunicações da Arábia Saudita afirmou nesta terça-feira que as operadoras no país devem bloquear um serviço não-especificado do smartphone BlackBerry a partir da sexta-feira.

A proibição se mantém até que as três operadoras de telefonia móvel do país "cumpram as exigências regulatórias que pedimos", disse a Comissão de Comunicações e Tecnologia da Informação (CITC, na sigla em inglês) em comunicado.

"A CITC solicitou ... a Saudi Telecom, Mobily e Zain Saudi Arabia que interrompam o serviço do BlackBerry para clientes corporativos e indivíduos no reino a partir do dia 6 de agosto", diz o documento.

A agência não deu mais detalhes sobre a determinação.

Fontes do setor afirmaram à Reuters no domingo que a CITC os notificou de suas intenções de proibir a ferramenta BlackBerry Messenger este mês, devido principalmente a preocupações de segurança.

Os Emirados Árabes Unidos também ameaçaram proibir alguns serviços do BlackBerry a menos que sua fabricante, a canadense Research in Motion, cedesse o acesso a mensagens codificadas. Segundo o jornal indiano Economic Times, a RIM irá permitir que autoridades de segurança indianas monitorem os serviços da BlackBerry.

(Reportagem de Souhail Karam)