August 4, 2010 / 8:51 PM / 7 years ago

Resultados da Electronic Arts superam expectativas

3 Min, DE LEITURA

Por Gabriel Madway

SAN FRANCISCO (Reuters) - A produtora de videogames Electronic Arts informou resultados acima do esperado na terça-feira, impulsionados por cortes nas despesas e as boas vendas do jogo "FIFA".

A empresa, que também registrou bons resultados em sua pequena mas crescente unidade de negócios digitais, reafirmou suas projeções anuais, levando suas ações a saltarem 5 por cento no pregão after-market, e mais de 7 por cento na sessão desta quarta-feira.

Não tem sido fácil para a Electronic Arts, de séries populares como "The Sims", convencer seus acionistas de que está no caminho da recuperação. As ações da empresa registraram queda de 25 por cento desde o começo do ano.

A EA já fez cortes no quadro de funcionários e nos gastos, além de limitar seu portfolio para focar nos games mais populares.

"Os gastos com pesquisa e desenvolvimento caíram bastante. Essa era uma das preocupações dos acionistas", disse Arvind Bhatia, analista da Sterne, Agee & Leach.

"É um passo na direção certa", afirmou. "Eles superaram previsões e mantiveram projeções, e ainda conseguiram diminuir os gastos".

No total, houve uma queda de 13 por cento nas despesas da companhia, que hoje tem cerca de 1.200 funcionários a menos que há um ano.

A EA registrou um lucro líquido de 96 milhões de dólares, ou 0,29 dólar por ação, no primeiro semestre do exercício social de 2011, fechado em 30 de junho, ante um prejuízo de 234 milhões, ou 0,72 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo itens, a empresa teve um prejuízo de 0,24 dólar por ação, com estimativa média de 0,35 dólar por ação entre analistas, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

Já a receita da companhia foi de 539 milhões de dólares, acima dos 502,3 milhões esperados por Wall Street.

A EA ainda reafirmou suas projeções anteriores para o exercício social de 2011, de um lucro, excluindo itens, de entre 0,50 e 0,70 dólar por ação sobre uma receita de entre 3,65 e 3,9 bilhões de dólares.

Reportagem de Gabriel Madway

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below