RIM oferece códigos do BlackBerry à Arábia Saudita--fonte

terça-feira, 10 de agosto de 2010 20:11 BRT
 

RIAD (Reuters) - A fabricante do smartphone BlackBerry, Research In Motion, aceitou dar ao governo da Arábia Saudita acesso a "códigos" de aparelhos a fim de evitar que o país proíba os serviços de mensagem instantânea do celular, afirmou fonte próxima ao caso à Reuters nesta terça-feira.

A companhia canadense não quis comentar a informação, reiterando que "a RIM coopera com todos os governos de forma consistente".

A Arábia Saudita é o maior mercado para o BlackBerry na região do Golfo, com 700 mil usuários. O país, no entanto, ameaçou proibir o serviço BlackBerry Messenger na última sexta-feira, adiando depois o prazo para segunda-feira, enquanto a empresa aplicava testes em conjunto com operadoras de telefonia móvel sauditas.

A fonte disse à Reuters que a ideia testada --usar servidores diferentes para cada uma das operadoras locais-- não deu certo.

A empresa, portanto, teria aceitado dar ao Ministério do Interior e a serviços de inteligência sauditas o acesso aos códigos de todos os usuários de BlackBerry no país, de acordo com a fonte, que pediu para não ser identificada.

Não foi possível contatar um porta-voz da reguladora saudita para comentar.

(Reportagem de Souhail Karam)