Cybercriminoso procurado pelos EUA é preso na França

quinta-feira, 12 de agosto de 2010 14:57 BRT
 

NICE, França (Reuters) - Um cidadão russo suspeito de ser um dos maiores cybercriminosos do planeta foi interrogado no último fim de semana em Nice, na França, após ordem de prisão internacional emitida pelos Estados Unidos, que pedem sua extradição, afirmou uma fonte judicial.

Vladislav Anatolievitch Horohorine, 27 anos, foi preso em 7 de agosto quando embarcava em um avião para Moscou, segundo a fonte.

Ele é procurado pela Justiça e polícia norte-americanas, que o acusam de estar envolvido com uma rede de tráfico internacional de cartões de crédito.

Acusado por um júri dos Estados Unidos de uso fraudulento de tecnologia e roubo de identidade, Vladislav Horohorine pode ser um dos criadores de uma página na Internet que vende dados roubados de cartões de crédito.

Segundo documentos da Justiça norte-americana, a investigação que levou à prisão mobilizou agentes secretos dos Estados Unidos infiltrados.

"A rede criada pelos fundadores do CarderPlanet, um dos quais Vladislav Horohonine, é uma das organizações mais sofisticadas de delinquentes financeiros no mundo", afirmou em Washington um dos responsáveis pela investigação.

(Reportagem de Pierre Thébault)