Oracle processa Google por violação de patentes com Android

sexta-feira, 13 de agosto de 2010 10:24 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Oracle abriu um processo contra o Google, alegando infração de patente e de direitos autorais no desenvolvimento do sistema operacional Android.

O processo, enaminhado na quinta-feira a um tribunal da Califórnia, alega que o Google "conscientemente, diretamente e repetidamente infringiu a propriedade intelectual da tecnologia Java, da Oracle" ao desenvolver o Android, afirmou a porta-voz da Oracle Karen Tillman, em comunicado. "Esse processo busca soluções apropriadas."

A Oracle adquiriru a tecnologia Java ao comprar a Sun Microsystems, por 5,6 bilhões de dólares, no início deste ano. Analistas consideram que a ação contra o Google pode sinalizar que a Oracle pretende ser mais agressiva na busca de licenciamento do Java, tecnologia usada em diversos produtos de Internet.

O presidente-executivo da Oracle, Larry Ellison, disse considerar o Java um ativo fundamental, ressaltando sua utilização em uma variedade de equipamentos eletrônicos, de computadores a aparelhos de DVD.

Um porta-voz do Google não comentou o processo, considerando que a companhia não teve a chance de revisá-lo ainda.

Analistas dizem que o sistema Android utiliza partes da tecnologia Java. Cerca de 200 mil smartphones e outros equipamentos baseados no Android são vendidos diariamente, segundo o presidente-executivo do Google, Eric Schmidt.