RIM dará à Índia acesso parcial a códigos do BlackBerry--fonte

segunda-feira, 16 de agosto de 2010 17:14 BRT
 

Por Bappa Majumdar

NOVA DÉLI (Reuters) - A Research In Motion assegurou que, até 1o de setembro, vai conceder ao governo indiano acesso limitado a seus serviços de mensagens instantâneas, e que irá negociar ao longo da semana o acesso a emails corporativos, afirmou uma fonte do governo da Índia nesta segunda-feira.

A RIM tem até 31 de agosto para dar às autoridades no país acesso a emails e mensagens enviadas por smartphones BlackBerry.

"Eles nos asseguraram o acesso parcial até 1o de setembro e concordaram em nos dar acesso total até o final do ano", disse uma fonte de alto escalão do governo indiano à Reuters, sob condição de anonimato.

Nova Déli afirmou que irá banir o BlackBerry no país caso a RIM não cumprir suas exigências, em disputa que ameaça o futuro da companhia canadense no mercado de telecomunicações que mais cresce no mundo.

"Esperamos que irão buscar soluções para nossas preocupações sobre segurança", disse uma autoridade do ministério do Interior.

A Índia é o mais novo país a aumentar a pressão sobre a RIM, fabricante do smartphone conhecido por sua confidencialidade.

Muitos executivos e políticos preferem o BlackBerry a outros smartphones, mas alguns governos, como o da Arábia Saudita, temem que o aparelho pode ser usado por terroristas ou para violar leis islâmicas.