Embratel adia oferta por ações da Net para 29 de setembro

quinta-feira, 19 de agosto de 2010 11:55 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Embratel, controlada pelo bilionário mexicano Carlos Slim, adiou para 29 de setembro a data de realização da oferta pública de aquisição (OPA) das ações da Net, maior operadora de TV paga do Brasil. A data anterior era 9 de setembro, portanto, 20 dias antes.

No início de agosto, a Embratel anunciou a OPA com objetivo de comprar 100 por cento das ações preferenciais da Net ao preço de 23 reais por papel. A Embratel já possui 35,8 por cento das ações ordinárias da Net e 5,4 por cento das preferenciais.

O controle da Net é dividido entre as Organizações Globo e a Telmex, recentemente incorporada pela América Móvil de Slim. As partes possuem, respectivamente, 51 por cento e 49 por cento de participação da GB Empreendimentos e Participações, holding que tem a maioria das ações ordinárias da operadora de TV por assinatura.

A oferta da Embratel ficou abaixo do valor justo das ações da Net, segundo a maioria dos analistas, com preço-alvo para os papéis da Net acima dos 23 reais apresentados pela Embratel.

Para Slim, a compra da Net é fundamental para integração de seus ativos no Brasil. Além da participação na Net e na Embratel, ele é dono da operadora móvel Claro no país.

(Reportagem de Cesar Bianconi)