Aquisição da McAfee pode desencadear fusões na área de segurança

sexta-feira, 20 de agosto de 2010 12:06 BRT
 

Por Bill Rigby e Paritosh Bansal

SEATTLE/NOVA YORK (Reuters) - A oferta de 7,7 bilhões de dólares pela McAfee que a Intel apresentou de surpresa na quarta-feira pode resultar em novas operações do tipo, à medida que os concorrentes buscam posição no mercado de software de segurança, que cresce rapidamente.

Os gigantes de tecnologia Oracle, Hewlett-Packard, International Business Machines e EMC, que estão tentando expandir o estoque de hardware e software que oferecem a seus clientes empresariais, podem agir para contrabalançar a ascensão da Intel.

Isso coloca em destaque a maior empresa mundial de software de segurança, a Symantec, e diversas companhias menores, como a Checkpoint Systems, Sourcefire, Websense e SafeNet.

"Estamos nos primeiros estágios de uma grande consolidação em software, especialmente na área de segurança," disse Daniel Ives, analista da FBR Capital Markets. "Essa transação se refere à convergência de hardware e software, que se tornará cada vez mais importante, com a consolidação do setor."

As empresas de tecnologia de maior porte estão caminhando na direção de pacotes integrados de produtos e serviços, para ajudar os grandes clientes empresariais a gerir suas redes e dados. A segurança é agora parte crítica dessa oferta, o que faz dos fornecedores especializados alvos atraentes.

O esforço de diversificação deflagrou uma onda de consolidação no setor de tecnologia. No começo deste mês, a Dell fechou acordo para adquirir a 3PAR, empresa de armazenagem de dados, por 1,15 bilhão de dólares. No mês passado, a SAP adquiriu a Sybase por 5,8 bilhões de dólares e a HP adquiriu a Palm, fabricante de celulares inteligentes, por 1,2 bilhão de dólares.

A própria Symantec vem realizando aquisições. Em junho, tomou o controle da PGO Corporation e da GuardianEdge, duas empresas de capital fechado que se concentram em e-mail e cifragem de dados, por valores não revelados. Este mês, fechou acordo para adquirir a divisão de autenticação de pagamentos da Verisign, por 1,3 bilhão de dólares.

As ações da Symantec subiram em 6,2 por cento na quinta-feira, o que conduziu seu valor de mercado a cerca de 10 bilhões de dólares.