Executivos de telecomunicações preveem fim de tarifas fixas

segunda-feira, 23 de agosto de 2010 19:49 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O setor de telefonia móvel está se inclinando ao fim dos serviços de dados a preço fixo, que alimentaram uma explosão no tráfego das redes e não propiciam grande receita adicional, de acordo com uma pesquisa publicada na segunda-feira.

Uma pesquisa entre 391 executivos internacionais de telefonia móvel constatou que 55 por cento deles concordavam em que uma escala móvel de preços era o caminho do futuro nos mercados maduros, e que 47 por cento dos entrevistados afirmavam que planos de dados com uso irrestrito estavam prejudicando sua capacidade de ampliar a receita.

Quase metade dos entrevistados --48 por cento-- previu que as operadoras de telefonia móvel se concentrariam no desenvolvimento de novos modelos de preços nos três próximos anos, na pesquisa executada pelo Freshfields Bruckhaus Deringer, um escritório internacional de advocacia.

"Os provedores de telefonia móvel estão remodelando suas estratégias de preços a fim de extrair mais vantagem de seus ativos, enquanto estudam novas ofertas de produtos," afirmou em relatório Natasha Good, co-diretora do grupo de telefonia móvel no escritório.

"Preços baseados no nível de uso são uma solução lógica. Eles permitirão aliviar as questões de capacidade atuais ao limitar a demanda, restringir a necessidade de gastos de capital e, possivelmente, elevar a receita."

As operadoras de telefonia móvel passaram a oferecer pacotes de dados a preço fixo a fim de encorajar o uso de serviços de terceira geração (3G), tais como e-mail móvel e navegação na Web, depois de investirem bilhões de dólares na criação de redes e aquisição de licenças, a partir do começo dos anos 2000.

Mas o sucesso inesperado do iPhone, da Apple, e de outros smartphones no que tange a estimular a demanda está conduzindo a uma superlotação das redes, em um período no qual as operadoras de telefonia móvel reduziram seus investimentos de capital, em lugar de continuarem expandindo a capacidade de suas redes.

Nos mercados maduros, as operadoras de telefonia móvel, lideradas pela AT&T, começaram a eliminar os planos que oferecem volume ilimitado de dados.

Nos mercados em desenvolvimento, porém, 78 por cento das operadoras de telefonia móvel pesquisadas concordaram em que planos básicos de voz e dados a preço eram mais viáveis do que planos de custo aberto, baseado no volume de uso.

(Por Georgina Prodhan)