Uso de celulares no Quênia supera 50% do mercado, diz governo

segunda-feira, 23 de agosto de 2010 19:50 BRT
 

NAIRÓBI (Reuters) - A penetração de celulares no mercado queniano chegou a 51 por cento no primeiro trimestre de 2010, quando o número de cartões SIM no país cresceu 2,7 por cento, para 19,9 milhões de telefones, na comparação com o trimestre anterior, afirmou uma agência reguladora nesta segunda-feira.

"O crescimento no número de assinaturas de telefonia móvel pode ser atribuído à compra de vários cartões SIM por um só usuário e também ao aumento de promoções atrativas oferecidas pelas operadoras", disse a Comissão de Comunicações do Quênia em relatório trimestral.

As taxas de serviço caíram no trimestre, com as quatro operadoras do país oferecendo diversos incentivos para manter assinantes e atrair novos clientes.

O tráfego móvel no país cresceu 20 por cento para 5,1 milhões de minutos devido ao aumento no número de usuários e à queda nas tarifas, disse o órgão regulador.

O número de usuários de Internet no Quênia saltou quase 60 por cento para 6,4 milhões, o que é atribuído principalmente aos serviços de dados das redes 3G, segundo a Comissão. A maior parte da atividade na Web foi registrada entre jovens, em sites de rede social.

(Reportagem de Helen Nyambura-Mwaura)