Lenovo se prepara para desenvolver videogame na China,diz jornal

sexta-feira, 27 de agosto de 2010 09:22 BRT
 

HONG KONG, 27 de agosto (Reuters) - A Lenovo, quarta maior fabricante mundial de computadores, criou uma unidade para desenvolver um console de videogame para o mercado chinês, informou um jornal nesta sexta-feira, colocando a empresa contra concorrentes como Microsoft e Sony.

Cerca de 40 engenheiros de software da Lenovo foram remanejados para trabalhar para a eedoo Technology, que terá a missão de desenvolver o console "eBox", segundo o China Daily.

A Lenovo, sua controladora Legend Holdings e seu braço de private equity Legend Capital investiram na nova empresa, mas os valores não foram revelados, de acordo com a publicação.

Representantes da Lenovo e da eedoo não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto.

A fabricante chinesa vem tentando diversificar sua atuação para além do segmento de computadores pessoais, tendo lançado um smartphone no ano passado e anunciado planos para um tablet.

A China tem se mostrado um mercado muito difícil para os fabricantes de videogames, que geram a maior parte de suas receitas nas vendas de jogos, por conta da forte pirataria no país.

(Reportagem de Kelvin Soh)