Intel vê crescimento mais rápido em chips integrados

quinta-feira, 2 de setembro de 2010 09:58 BRT
 

Por Jens Hack

MUNIQUE, Alemanha, 2 de setembro (Reuters) - A Intel, maior fabricante mundial de semicondutores, estima que a demanda por microchips integrados se acelere à medida que a empresa avança para além de sua atividade básica, os chips para computadores, disse um executivo à Reuters.

A Intel, que na semana passada alertou para um faturamento menor devido às vendas de computadores inferiores às expectativas, fez duas importantes aquisições na última quinzena, se preparando para o momento quando os chips serão cada vez mais necessários para conectar outros aparelhos.

Doug Davis, diretor do grupo de chips integrados e comunicações da Intel, disse prever que o mercado de chips integrados tenha crescimento anual de 25 por cento ao longo dos próximos quatro a cinco anos, ante os 18 por cento de alta anual no período de 2002 a 2008.

"Muitas máquinas fabris ainda não estão conectadas. Isso irá mudar", disse ele, acrescentando que os embarques de chips Atom, utilizados em computadores menores como notebooks, netbooks e tablets, poderia crescer em 30 a 40 por cento ao ano.