Bradesco vende controle da CPM Braxis para Capgemini

quinta-feira, 2 de setembro de 2010 12:59 BRT
 

PARIS/SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco anunciou nesta quinta-feira que fechou acordo para venda do controle da empresa de tecnologia CPM Braxis para a Capgemini, maior grupo europeu de tecnologia da informação.

No total, o grupo francês investirá 517 milhões de reais, incluindo os 104 milhões de reais que pagará ao banco brasileiro por uma participação de 35 por cento na CPM Braxis. Considerando também o aumento de capital que fará no negócio, a fatia da Capgemini na CPM Braxis será de 55 por cento.

Concluída a operação, o Bradesco permanecerá com 20 por cento do capital total da CPM, informou o banco em comunicado.

"O acordo permitirá que nos tornemos líderes no mercado brasileiro... O Brasil tem um grande potencial e representa cerca de metade do valor do mercado latino-americano", afirmou o presidente-executivo da Capgemini, Paul Hermlein, acrescentando que as previsões de crescimento do setor para o país são na casa de dois dígitos até 2014.

A CPM Braxis tem receita estimada em 1 bilhão de reais em 2010. A empresa conta com 5,5 mil funcionários e seu valor de mercado é avaliado em 437 milhões de euros, segundo a Capgemini.

O acordo garante ao grupo francês a opção, em certas datas a cada ano, de comprar o restante da CPM Braxis.

(Reportagem de Leila Abboud, em Paris, e Aluísio Alves; em São Paulo)