Juiz anula medida do Craiglist contra aquisição pelo eBay

quinta-feira, 9 de setembro de 2010 18:38 BRT
 

WILMINGTON, Estados Unidos (Reuters) - Um juiz norte-americano anulou uma medida protecionista do conselho do site de classificados Craiglist que visava bloquear uma possível oferta hostil de aquisição pelo eBay.

O famoso site de leilões entrou com processo contra a medida em 2008, alegando que ela diluiu sua participação no Craiglist de 28,4 para 24,85 por cento.

Em decisão mista, o juiz impediu as provisões do conselho de administração da companhia.

Em 2004, o eBay comprou sua fatia do Craiglist por 32 milhões de dólares --o fundador do serviço, Craig Newmark, e seu presidente, Jim Buckmaster, ambos receberam 8 milhões de dólares no acordo-- mas o relacionamento entre as duas companhias retrocedeu após o eBay lançar seu próprio serviço de classificados online, o Kijiji, em 2007.

A resposta do Craiglist foi diluir a participação do eBay, que considera a medida um "plano coercivo" para que perdesse sua vaga no conselho. Executivos do Craiglist afirmam que a medida foi tomada como forma de se proteger contra uma possível oferta hostil da companhia maior.

(Reportagem de Alexandria Sage e Thomas Halss)