Cinco funcionários da France Telecom se suicidaram em 15 dias

sexta-feira, 10 de setembro de 2010 13:55 BRT
 

PARIS (Reuters) - Cinco funcionários da France Telecom cometeram suicídio nos últimos 15 dias, segundo afirmou nesta sexta-feira um membro de sindicato local, sem especificar se havia relação entre as atividades profissionais dessas pessoas.

Com a informação do sindicato, este ano 23 funcionários da France Telecom se suicidaram, contra 19 no ano passado. A companhia possui 181 mil empregados, sendo 100 mil deles na França.

"Houve cinco suicídios em 15 dias na France Telecom, cometidos fora do local de trabalho", disse Sébastien Crozier, do sindicato.

A France Telecom, que colocou em prática um plano para melhorar as condições de trabalho após uma série de suicídios entre seus funcionários, confirmou que empregados haviam tirado suas próprias vidas nas últimas semanas, mas não confirmou o número.

"Foi com grande tristeza que soubemos que alguns empregados cometeram suicídio", disse um porta-voz da empresa. "Esses trabalhadores, que não se conheciam e não tinham qualquer relação entre si, trabalhavam em diferentes áreas em diferentes regiões da França."

Ele acrescentou que "neste momento, não é possível estabelecer qualquer relação entre os incidentes. Mas iremos analisar cada caso para tentar determinar o que aconteceu".

Depois de ser afetada por uma série de suicídios entre seus funcionários, que se intensificaram em 2009, a France Telecom nomeou Stéphane Richard no início de janeiro como presidente-executivo. Seu plano estratégico de cinco anos apresentado em julho também contém medidas para aumentar o moral dos trabalhadores.

(Por Lucien Libert e Cyril Altmeyer)