Governo russo amplia investigação de suborno em contrato com HP

sexta-feira, 10 de setembro de 2010 18:26 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Rússia decidiu ampliar uma investigação de suborno em um contrato da HP com o governo para incluir outros acordo da companhia com o Estado, datando de 2000.

Em comunicado divulgado nesta sexta-feira, a HP afirmou que está cooperando com as autoridades, "que ampliaram suas investigações para além" da transação com a Procuradoria-Geral do país.

Em abril, foi divulgado que os Estados Unidos e a Alemanha estavam investigando se funcionários de uma subsidiária alemã da HP estariam envolvidos em um esquema de suborno referente a um contrato de 35 milhões de euros (44,5 milhões de dólares) para fornecer equipamentos à Procuradoria-Geral da Rússia.

O contrato se referia ao período entre 2001 e 2006.

Autoridades russas fizeram uma busca do escritório da HP em Moscou a pedido de procuradores alemães.

Já nos EUA, o Departamento de Justiça e a Securities and Exchange Comission (SEC) vêm investigando o acordo da HP com o governo russo para determinar se houve violações.

Em comunicado enviado a reguladores na quinta-feira, a HP afirmou que as autoridades norte-americanas também pediram informações referentes a transações governamentais na Rússia e na região do Commonwealth de 2000 até agora.

A HP disse ainda que procuradores alemães recentemente pediram informações sobre diversas "transações do setor não-público" feitas pela HP por volta de 2006, envolvendo pelo menos uma pessoa que também estaria envolvida no contrato com a Procuradoria-Geral russa.

(Reportagem de Gabriel Madway)