Videogames de tiro podem melhorar processo de decisão-- pesquisa

quarta-feira, 15 de setembro de 2010 19:17 BRT
 

SYDNEY, 15 de setembro (Reuters Life!) - Videogames violentos como "Call of Duty" podem ajudar atiradores virtuais a tomar decisões mais rapidamente na vida real, segundo estudo divulgado nesta quarta-feira.

Pesquisadores da Universidade de Rochester, em Nova York, descobriram que jogos de atirador, em primeira pessoa, aumentam a sensitividade do jogador, levando ao uso mais eficiente de sinais sensórios.

"Esses benefícios do videogames são gerados apenas por games de ação, o que quase sempre significa jogos de tiro, em que o jogador anda por um labirinto sem saber quando um vilão irá aparecer", disse a pesquisadora Daphne Bavelier em comunicado.

"Não é exatamente o que consideraríamos otimizador para a mente. Jogos de estratégia ou RPGs não têm o mesmo efeito".

O estudo, publicado no periódico Current Biology, envolveu testes com 26 pessoas de entre 18 e 25 anos, nenhuma das quais havia jogado esse tipo de game antes, durante vários meses.

Metade do participantes na pesquisa jogaram 50 horas de videogames como "Call of Duty" e "Unreal Tournament", enquanto que a outra metade jogou 50 horas do game de estratégia "The Sims 2".

Os participantes passaram por diversos testes como decidir em que direção se movia um grupo de pontos em uma tela, em velocidades diferentes, e decifrar em qual ouvido está escutando sons.

Os pesquisadores descobriram que o grupo que jogou games de ação tomavam decisões mais rápido e com mais acertos. Segundo o estudo, o desempenho deles era 25 por cento melhor.

"Diferentemente de padrões normais de aprendizado, que sempre têm uma solução específica, os jogos de ação não têm solução específica porque as situações são raramente repetidas", afirmaram os pesquisadores.   Continuação...