Novo site sugere retorno de Putin ao Kremlin

sexta-feira, 17 de setembro de 2010 19:12 BRT
 

Por Conor Humphries

MOSCOU (Reuters) - Uma agência do governo russo registrou o endereço de Internet Putin-2012.rf, num sinal de que o ex-presidente Vladimir Putin pretende voltar a se candidatar ao cargo.

O Serviço Federal de Guarda-Costas registrou seis domínios combinando o nome ou as iniciais de Putin com "2012", segundo o banco de dados oficial de domínios em alfabeto cirílico, o stat.ref.ru. A mesma associação nome-ano não aconteceu com o nome do atual presidente Dmitry Medvedev.

Putin diz que ainda não sabe se será candidato a presidente em 2012. O atual primeiro-ministro afirma que ele e Medvedev decidirão juntos o nome do candidato, na hora certa. Mas muitos diplomatas e analistas anteveem que ele voltará ao Kremlin, relegando Medvedev a um cargo inferior.

"Ninguém mais acredita que Medvedev irá disputar, porque Putin parece já ter começado sua campanha", disse Alexei Mukhin, analista do Centro para a Informação Política.

Putin foi presidente de 2000 a 2008, e continua sendo o político mais poderoso e popular do país. Impedido por lei de disputar um terceiro mandato, ele indicou Medvedev e ficou com o cargo de premiê.

A partir de 2012, o mandato presidencial será de seis anos, o que significa que Putin, de 57, poderá ficar mais 12 anos como presidente.

Adversários acusam Putin de manipular as instituições, controlar a mídia e reprimir manifestações da oposição. Nos últimos meses, ele percorre o país com uma agenda típica de políticos em campanha, prometendo de ajuda financeira a vítimas de incêndios florestais, dando uma entrevista ao volante de um carro russo na Sibéria, e enfrentando os mares bravos do Pacífico para caçar uma baleia em nome da ciência.

Enquanto isso, Medvedev luta para sair da sombra do seu mentor e apresentar resultados palpáveis em tarefas como combate à corrupção, reforma da polícia e modernização da economia.   Continuação...

 
<p>Ag&ecirc;ncia do governo russo registrou o endere&ccedil;o de Internet Putin-2012.rf, num sinal de que o ex-presidente Vladimir Putin (foto) pretende voltar a se candidatar ao cargo. REUTERS/Ria Novosti/Pool/Alexei Druzhinin</p>