Nokia adia mais uma vez distribuição do N8, ações recuam

terça-feira, 21 de setembro de 2010 10:31 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINQUE (Reuters) - A Nokia anunciou nesta terça-feira que adiará novamente o envio do smartphone N8. O anúncio fazia as ações da empresa caírem quase 4 por cento no dia em que o novo presidente-executivo, Stephen Elop, assume o comando da maior fabricante mundial de celulares.

O N8 é visto por analistas como o primeiro modelo topo de linha da Nokia a desafiar o iPhone da Apple, mais de três anos após o lançamento do aparelho da companhia norte-americana. O sucesso do produto é considerado pelo mercado como crucial para as margens de lucro da Nokia.

O aparelho é equipado com câmera de 12 megapixels, mas tem um processador mais lento que o rivais Galaxy S, da Samsung, e a última versão do iPhone.

"Um único aparelho geralmente não tem um impacto significativo no desenvolvimento da Nokia. Mas com o N8 a empresa tem muito mais em jogo", disseram analistas do FIM Bank em nota.

Um porta-voz da empresa disse que os primeiros celulares ainda estão programados para deixarem a fábrica até o fim de setembro, mas as entregas aos consumidores que fizeram encomendas antecipadas do aparelho podem atrasar algumas semanas.

"Para assegurar uma melhor experiência ao usuário, decidimos segurar os embarques por algumas semanas para realizar alguns retoques finais", disse a empresa em comunicado, acrescentando que o N8 deve chegar ao mercado em outubro.

Stephen Elop, ex-executivo na Microsoft, assumiu a presidência da Nokia nesta terça-feira.