HP chega a acordo com Oracle sobre contratação de presidente

terça-feira, 21 de setembro de 2010 11:39 BRT
 

Por Gabriel Madway

SAN FRANCISCO (Reuters) - A HP encerrou sua disputa legal com a Oracle por conta da contratação de seu ex-presidente Mark Hurd, com as duas empresas tentando deixar os atritos de lado.

Em comunicado conjunto, as duas empresas disseram na segunda-feira que "Hurd irá aderir a suas obrigações para proteger informações confidenciais da HP enquanto arca com suas responsabilidade na Oracle", sem dar mais detalhes.

Hurd concordou em modificar os termos de sua rescisão na HP, abrindo mão de direitos de aproximadamente 345 mil units, que lhe foram concedidas em janeiro de 2008 e dezembro de 2009.

Com base na quantidade de units e preço de fechamento da ação da HP na segunda-feira, as ações que Hurd abriu mão poderiam valer cerca de 13,6 milhões de dólares.

Hurd foi nomeado co-presidente da Oracle em 6 de setembro, um mês depois de ganhar a atenção do mundo depois de um escândalo que culminou em seu afastamento da HP, na qual era presidente-executivo desde 2005.

A HP processou Hurd logo após sua contratação pela Oracle, tentando impedi-lo de trabalhar na outra empresa.