Twitter conserta problema no site após ataque

terça-feira, 21 de setembro de 2010 17:31 BRT
 

Por Yinka Adegoke

NOVA YORK (Reuters) - O Twitter consertou a falha de segurança em seu site após sofrer um ataque de hackers no começo do dia que redirecionava usuários para sites de pornografia japoneses.

A rede social de microblogs recebeu diversas reclamações de usuários que postavam no site sob tópicos como "Twitter foi hackeado".

Segundo ao companhia, nenhuma informação pessoal de usuários ficou exposta.

Um "tweet" do chefe de segurança do Twitter postado por volta das 14:30 GMT informava que o problema foi "completamente resolvido" e que hackers não conseguirão mais tirar proveito da falha. "Acreditamos que nenhuma informação pessoal de usuários foi acessada."

O site do Twitter sofreu um ataque nesta terça-feira de usuários que aproveitaram uma falha de segurança que permitia o surgimento de pop-ups e a abertura de sites de terceiros quando um usuário passasse seu mouse por cima de um link, segundo a companhia de segurança em tecnologia Sophos.

A empresa, contratada pelo Twitter, afirmou que as mensagens eram repassadas para outros usuários sem permissão.

"Não foi nada bom --vimos milhares de pessoas serem atingidas por minuto", disse o consultor de tecnologia da Sophos, Graham Cluley, que esteve envolvido no reparo do erro. "O pior que vimos foi que as pessoas estavam sendo redirecionadas para um site japonês de pornografia."

Problemas de segurança como estes preocupam usuários de redes sociais populares como Twitter e Facebook. Ambos os sites já foram atacados por hackers no passado. A facilidade de compartilhamento de vídeos, fotos e outros tipos de conteúdo dos sites também permite a rápida disseminação de vírus.

O Twitter já havia detectado uma falha de segurança de abril de 2009, que consertou após diversos ataques.

(Reportagem de Yinka Adegoke)