Empresas de tecnologia não podem barrar contratações de rivais

sexta-feira, 24 de setembro de 2010 18:13 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - Google, Apple, Adobe Systems, Intel, Intuit e Pixar, da Disney, chegaram a um acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos que as impede de barrar que concorrentes contratem seus executivos.

As empresas haviam fechado acordos umas com as outras --a Apple com o Google, a Adobe e a Pixar, e o Google com a Intel e a Intuit-- para que não fizessem propostas por os principais executivos umas das outras, informou o Departamento de Justiça.

Tais acordos violam a lei antitruste, uma vez que podem afetar a livre concorrência por funcionários talentosos, além de permitir que mantenham salários baixos.

"As companhias praticavam acordos para não contatar quaisquer funcionários da outra companhia", disse o Departamento de Justiça norte-americano. "O processo indica que os acordos eram formados e ativamente gerenciados por executivos das companhias."

(Reportagem de Diane Bartz)