União Europeia encerra investigações sobre a Apple após mudanças

segunda-feira, 27 de setembro de 2010 12:41 BRT
 

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS (Reuters) - Reguladores antitruste da União Europeia decidiram acabar com duas investigações sobre o iPhone da Apple depois que a empresa aprovou um serviço de reparo internacional e amenizou as restrições sobre os aplicativos para o smartphone.

A Comissão Europeia anunciou sua decisão no sábado, afirmando que as mudanças da Apple permitirão aos consumidores que escolham entre diferentes alternativas.

A executiva da UE havia aberto duas investigações preliminares no primeiro semestre sobre as práticas da Apple relativas ao iPhone.

A CE havia dito estar preocupada com a política da Apple, que especificava que os serviços de reparo do iPhone se limitavam ao país onde foi comprado e que os desenvolvedores de aplicativos para o aparelho só utilizassem as ferramentas de programação da empresa.

A comissão disse que as mudanças da Apple acabaram com tais preocupações e acrescentou que a empresa havia anunciado no sábado garantia de serviços internacionais.

"Em vista das mudanças em sua política, a Comissão pretende acabar com as investigações sobre essas questões", afirmou o regulador em comunicado.