Milionário dono da Segway morre depois de cair em barranco

segunda-feira, 27 de setembro de 2010 15:50 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O milionário britânico proprietário da empresa Segway foi encontrado morto no fundo de um barranco, junto a um dos veículos elétricos de duas rodas fabricados pela empresa, afirmou a polícia nesta segunda-feira.

Jimi Heselden, de 62 anos, que comprou a empresa norte-americana e também era presidente da Hesco Bastion, foi encontrado domingo em um rio perto de Leeds, no norte da Inglaterra.

O incidente foi descrito pela imprensa local como um acidente raro e não está sendo investigado como suspeita de crime. Um porta-voz da polícia confirmou que um Segway foi encontrado perto do corpo do milionário.

"Com muita tristeza temos que confirmar que Jimi Heselden morreu em um trágico acidente perto de sua casa em West Yorkshire", informou a empresa em comunicado.

O Segway foi inventado por Dean Kamen e permite o deslocamento de pé sobre uma plataforma ligada a duas rodas acionadas por motor elétrico e controle manual. A máquina ficou famosa quando o ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush teve de saltar do Segway que pilotava depois que perdeu o controle do aparelho.

Heselden, um ex-mineiro que deixou a escola aos 15 anos, tornou-se um rico empresário, doando milhões de libras para a caridade.

Este mês, o empresário doou 10 milhões de libras (cerca de 16 milhões de dólares) a um projeto local, que ajuda zonas menos favorecidas.

Heselden era tido como um dos homens mais ricos do Reino Unidos, com uma fortuna de aproximadamente 166 milhões de libras (260 milhões de dólares).

 
<p>O milion&aacute;rio brit&acirc;nico Jimi Heselden, de 62 anos, comprou a norte-americana Segway em 2009. REUTERS/Andy Paraskos, Hesco/Handout</p>