Ações da RIM recuam após lançamento de PlayBook

terça-feira, 28 de setembro de 2010 14:41 BRT
 

TORONTO, 28 de setembro (Reuters) - As ações da Research in Motion caíam 3,4 por cento nesta terça-feira, pressionadas por preocupação sobre o lançamento do computador tablet da empresa fabricante do BlackBerry, o PlayBook.

A RIM revelou o aparelho no final da segunda-feira, apresentando o produto como um rival do iPad, da Apple, e de um crescente número de aparelhos no segmento.

Apesar dos analistas terem elogiado o tamanho compacto do aparelho, eles afirmaram que a data de lançamento do PlayBook, marcada para o início de 2011, vai tornar mais difícil o trabalho de capturar parte do mercado consumidor que a Apple já domina.

"Se você está otimista sobre a RIM, iria querer que o tablet viesse antes do Natal", disse Jane Snorek, analista de tecnologia do First American Funds.

O mercado para tablets, aparelhos com tela sensível ao toque maiores que um celular inteligente, mas menores que um laptop, ficou mais disputado desde que a Apple lançou o iPad em abril. Samsung e Dell já mostraram seus produtos nos últimos dois meses e os observadores da indústria ainda aguardam por lançamentos da Hewlett-Packard e Toshiba.

Matt Thornton, analista da Avian Securities, também criticou a data de lançamento do PlayBook, mas disse que a queda na ação da RIM não é surpresa, considerando a alta de 7 por cento do papel da empresa antes do anúncio do produto.