CEO da Oracle critica contratação de executivo da SAP pela HP

segunda-feira, 4 de outubro de 2010 18:17 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - O presidente-executivo da Oracle, Larry Ellison repreendeu o conselho da HP por contratar Leo Apotheker, que era presidente da SAP quando a fabricante de softwares alemã "confessou" ter roubado propriedade intelectual da Oracle.

Apotheker foi escolhido para substituir Mark Hurd como presidente-executivo da HP após a saída do primeiro devido a uma escândalo envolvendo uma funcionária da companhia. A Oracle e a SAP também estão envolvidas em um processo judicial que já dura vários anos.

"A SAP já confessou publicamente e aceitou a responsabilidade financeira por ter sistematicamente roubado propriedade intelectual da Oracle durante um longo período de tempo", disse Ellison à Reuters por e-mail neste fim de semana.

"Muita desta espionagem industrial e furto de propriedade intelectual ocorreu durante o mandato de Apotheker como presidente da SAP", acrescentou Ellison. "O conselho da HP deveria estar ciente desses fatos, mas mesmo assim nomearam Apotheker como presidente da HP. O que aconteceu com 'a maneira HP'?"

A HP não quis comentar as declarações de Ellison.

(Reportagem de Gabriel Madway