Diretor do MeeGo deixa a Nokia antes de lançamento

terça-feira, 5 de outubro de 2010 10:04 BRT
 

HELSINQUE, 5 de outubro (Reuters) - Ari Jaaksi, diretor de serviços para o novo software Meego, da Nokia, deixou a empresa pouco antes da maior fabricante mundial de celulares lançar o primeiro aparelho com a nova plataforma.

A Nokia espera que o software MeeGo --uma fusão do seu programa Maemo, que Jaaksi ajudou a construir, com o Moblin, da Intel-- ajude na disputa contra Apple e Google no mercado de celulares.

"A Nokia precisa avançar na direção do Meego. O software cresceu a partir do Maemo e há muito mais em jogo agora", disse a analista Carolina Milanesi, da consultoria Gartner.

"Eles precisam de alguém que entenda de celulares e PCs, alguém que seja próximo à Intel e, melhor ainda, se for uma pessoa pública", disse ela.

A Nokia prometeu revelar o primeiro aparelho com o MeeGo até o final deste ano.

A Nokia controla 40 por cento do mercado de smartphones com seu software Symbian, mas perdeu a liderança no segmento de modelos mais caros para seus novos concorrentes.

(Reportagem de Tarmo Virki)