Sony prevê queda de preços de televisores até fim do ano

quinta-feira, 21 de outubro de 2010 12:15 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - Os preços de televisores provavelmente vão cair no mercado dos Estados Unidos antes do fim do ano, afirmou o diretor da deficitária divisão de TVs da Sony nesta quinta-feira.

A previsão foi feita horas depois que a LG Display, segunda maior fabricante de telas de cristal líquido do mundo, divulgou o pior lucro operacional da marca em seis trimestres, prejudicada pela queda nos preços dos painéis LCD.

"Creio que os preços de TVs como um todo vão cair. Há muito estoque no mercado", disse o vice-presidente sênior da Sony, Yoshihisa Ishida, a jornalistas do Japão em reunião em Tóquio para marcar o lançamento de televisores com tecnologia do Google nos Estados Unidos.

"Mas o que é diferente do passado é que não podemos necessariamente contar com vendas unitárias crescentes", disse o executivo. "Não podemos ter certeza de que manipulação de preços implicará na expansão do mercado de novo", acrescentou.

O lançamento da TV do Google pela Sony, que permite aos usuários fazer pesquisa e assistir a programas de televisão e conteúdo da Web, além de usar aplicativos, não foi definido no Japão e outros mercados fora dos EUA.

Ishida disse que a Sony, terceira maior fabricante de TVs planas do mundo depois da Samsung e LG, terá que reconsiderar o preço da Google TV se ficar muito distante do de outros aparelhos. No momento, o executivo não previu cortes dramáticos de preços, que começam em 400 dólares para o modelo de 24 polegadas.