27 de Outubro de 2010 / às 10:59 / 7 anos atrás

Lucro da Net despenca, mas desconexão de clientes recua

SÃO PAULO (Reuters) - A Net, maior operadora de TV por assinatura do Brasil, encerrou o terceiro trimestre de 2010 com uma queda de 76 por cento no lucro líquido em relação ao mesmo período de 2009, resultado afetado por efeitos contábeis e tributários.

Apesar disso, a companhia reduziu a taxa de desconexão de clientes de 16 para 14,4 por cento ao mesmo tempo em que ampliou base de assinantes de TV paga, banda larga e telefonia e a receita média por domicílio conectado na comparação anual.

Diante da perspectiva de expansão da economia no próximo ano, a companhia prevê um crescimento em 2011 "pelo menos tão bom quanto 2010", afirmou o diretor de relações institucionais da Net, Marcio Miyakava, em teleconferência com jornalistas.

Do final de 2009 até setembro deste ano, a base de clientes de TV paga da Net cresceu 9,8 por cento para 4,065 milhões, enquanto as conexões de acesso rápido à Internet subiram 15,5 por cento, para 3,329 milhões. Já a telefonia fixa passou por expansão de 16,5 por cento, para 2,98 milhões.

"O nível de penetração de TV paga ainda é baixo, ainda há mercado para pay per view e telefone. Não vemos motivo para desacelerar o crescimento em 2011", disse o executivo.

Segundo Miyakava, a Net mantém seu plano de crescimento acelerado e está passando atualmente por uma discussão sobre a estrutura de capital da empresa.

A companhia está acessando o mercado de capitais para identificar se vale a pena fazer uma emissão externa de modo a não criar um cronograma de amortizações que comprometa a expansão, disse o executivo.

"Estamos acessando o mercado e vendo se existe uma melhor alternativa sobre o ponto de vista custo e prazo e, se existir, a gente vai fazer alguma coisa", disse o executivo. "Hoje o cenário externo está bem favorável, mas temos que ter uma certa cautela porque precisamos ter certeza se o prazo de amortização da dívida vai ficar condizente com nosso plano de negócio de longo prazo".

A Net encerrou o terceiro trimestre com dívida líquida de 1,3 bilhão de reais, uma alta de 26 por cento sobre um ano antes. Segundo Miyakava, a empresa não tem pagamento significativo de dívida para fazer 2010 e 2011, mas possui "alguma amortização a partir de 2012".

Após a operação em que a Embratel, empresa que faz parte do grupo do bilionário mexicano Carlos Slim, teve sucesso em comprar no início do mês ações preferenciais da Net, num desembolso de 3,3 bilhões de reais, o presidente da Net, José Felix, ressaltou que o controle da operadora de TV paga não mudou e que o dia-a-dia das operações "continua o mesmo".

Miyakava acrescentou que a revisão da estrutura de capital da Net não tem relação com os planos de expansão de Slim na América Latina.

BALANÇO

A Net divulgou lucro líquido de 72 milhões de reais contra um ganho um ano antes de 298 milhões de reais, quando foi beneficiada por créditos fiscais gerados por incorporações de subsidiárias.

O lucro antes de antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) foi de 369 milhões de julho a setembro, 14 por cento maior que os 323 milhões de reais em igual período de 2009. A margem, enquanto isso, se manteve em 27 por cento.

Em teleconferência com analistas, mais cedo, Miyakava disse que apesar do aumento na competição no mercado, com uma série de operadoras tradicionais de telefonia lançando serviços de TV paga, "não vejo guerra de preços declarada no mercado".

O crescimento da base se deu também com um ligeiro incremento de 2 por cento na receita média por domicílio (Arpu, na sigla em inglês), para 137,03 reais. Com isso, a receita líquida da operadora subiu 16 por cento, para 1,38 bilhão de reais.

Às 14h35, as ações da Net exibiam queda de 0,44 por cento, para 22,80 reais, enquanto o Ibovespa mostrava baixa de 0,8 por cento.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below