Google Earth e iPhone preocupam chefe de segurança de Israel

segunda-feira, 1 de novembro de 2010 10:29 BRST
 

TEL AVIV, Israel, 1o de novembro (Reuters) - Aplicações civis de Internet oferecem a grupos militantes acesso a ferramentas de inteligência que rivalizam com recursos empregados por espiões governamentais, afirmou o chefe de segurança doméstica de Israel nesta segunda-feira.

O diretor do Shin Bet, Yuval Diskin, em um raro pronunciamento público, identificou tecnologias da Internet como uma ameaça crescente à segurança internacional.

"A inteligência uma vez disponível apenas a governos de países e potências mundiais pode ser agora obtida por sistemas da Internet como o Google Earth, câmeras Web que estão espalhadas pelo mundo ou aplicativos para aparelhos como o iPhone, que permitem que informações de qualidade sejam acessadas em tempo real", disse ele em uma conferência em Tel Aviv.

E no que pareceu ser uma alusão a dois pacotes-bomba encontrados em aviões com destino aos Estados Unidos, na sexta-feira, ele afirmou que tal tática despertou "crescentes debates" entre grupos militantes islâmicos pela Internet sobre como explorar a aviação internacional.

(Por Dan Williams)