Jogo de PC sobre clima permite decidir destino da Terra

segunda-feira, 1 de novembro de 2010 12:00 BRST
 

Por Nina Chestney

LONDRES, 1o de novembro (Reuters) - Já imaginou como uma pessoa poderia salvar o planeta dos efeitos da alteração no clima? Um jogo britânico de computador que será lançado para testes nesta segunda-feira cria diferentes maneiras de realizar essa missão.

"Fate of the World" coloca o futuro da Terra nas mãos de seus jogadores, que comandam uma organização ambiental internacional que pode salvar o muno dos efeitos das emissões cada vez mais intensas de gases causadores do efeito-estufa, ou permitir que pereça ao manter a dependência excessiva de combustíveis fósseis.

Por meio de diferentes cenários, os jogadores podem explorar opções como geoengenharia e fontes alternativas de energia para salvar o planeta da alta nas temperaturas, esgotamento de recursos naturais e elevação da população nos próximos 200 anos.

Uma primeira versão do jogo será seguida por um período de três meses para comentários dos usuários, e a versão final, revisada com base neles, sairá em fevereiro de 2011.

Criado pela Red Redemption, uma produtora de videogames de Oxford, o jogo se afasta dos videogames de ação mais comuns ao usar dados de modelos climáticos reais e a consultoria de cientistas e economistas britânicos e norte-americanos.

"Os dados científicos são muitas vezes inacessíveis, e estamos tentando colocar os jogadores em posição de poder e conectá-los às questões", disse Gobion Rowlands, fundador e presidente do conselho da Red Redemption, à Reuters.

"Não estamos defendendo uma causa específica. Há diversas opções, entre as quais energia nuclear e energia renovável. Não queremos dizer que um determinado caminho seja o melhor", acrescentou.

A empresa tem em seu conselho consultor alguns especialistas em mudança de clima. Myles Allen, que comanda o departamento de dinâmica do clima na Universidade Oxford, contribuiu com os modelos que o jogo utiliza em suas projeções.

Este ano, uma série de falhas aparentes na ciência do clima e o fracasso das negociações da ONU para um acordo internacional que reduziria as emissões de gases estufa parecem ter solapado o interesse do público pelas questões de mudança climática.

Mas jogos que tratam de sustentabilidade e direitos humanos vêm ganhando popularidade e são bem recebidos pelos grupos ecológicos como ferramentas de conscientização.