Turquia reestabelece proibição ao YouTube no país

quarta-feira, 3 de novembro de 2010 14:09 BRST
 

ANCARA, 3 de novembro (Reuters) - Um tribunal turco reinstaurou a proibição de 30 meses de acesso ao YouTube poucos dias depois da página ter tido seu acesso liberado no país. O site está envolvido em uma disputa sobre remoção de conteúdo considerado ilegal no país.

O acesso ao YouTube, unidade do Google, está bloqueado pelo governo turco desde maio de 2008 depois que usuários colocaram vídeos que, segundo a Turquia, ofendem o fundador da república, Mustafa Kemal Ataturk.

No sábado, um tribunal de Ancara revogou a proibição, que gerou muitas críticas em torno das leis restritivas sobre a Internet na Turquia.

Contudo, um tribunal independente de Ancara estabeleceu na terça-feira que a proibição deve ser reinstaurada --desta vez por conta de um vídeo gravado secretamente e que supostamente mostra o ex-líder da oposição em um quarto com uma assessora.

Os usuários têm conseguido furar o bloqueio ao YouTube através de sites de proxy.