Exército do EUA está pronto para guerra no mundo digital

quinta-feira, 4 de novembro de 2010 10:48 BRST
 

Por Jim Wolf

WASHINGTON (Reuters) - O novo Cyber Command do exército dos Estados Unidos, responsável por blindar 15 mil redes de computadores de invasores, tornou-se completamente operacional, afirmou o Departamento de Defesa na quarta-feira.

Mais de 100 organizações estrangeiras de inteligência estão tentando invadir as redes norte-americanas, escreveu o vice-secretário de Defesa dos Estados Unidos William Lynn na edição de setembro e outubro do jornal Foreign Affairs. Algumas já tem capacidade de romper a infraestrutura de informações dos Estados Unidos, disse ele.

Gates ordenou a criação da unidade em junho de 2009 para solucionar a crescente ameaça de ataques via computadores.

Isso consolida as operações ofensivas e defensivas sob general do exército Keith Alexander, que também encabeça a National Security Agency, o braço de inteligência do Departamento que protege informação de segurança nacional e intercepta comunicações exteriores.

"O espaço digital é essencial para nossa forma de viver e o Cyber Command sincroniza nossos esforços em redes de defesa", disse Alexander no anúncio do Pentágono.