Telesp tem lucro maior no 3o tri, mas Ebitda recua

quarta-feira, 10 de novembro de 2010 20:17 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Telesp divulgou nesta quarta-feira lucro líquido de 647,4 milhões de reais no terceiro trimestre, alta de 7,2 por cento sobre o apurado um ano antes.

O resultado superou a média das estimativas de analistas consultados pela Reuters, que apontava para lucro de 580 milhões de reais no período.

A receita líquida da operadora paulista de telefonia fixa controlada pela espanhola Telefónica totalizou 3,97 bilhões de reais de julho a setembro, contra 3,91 bilhões de reais na mesma etapa de 2009 e praticamente em linha com a expectativa de analistas.

"A receita segue apresentando uma tendência de recuperação em relação a trimestres anteriores... A variação é justificada principalmente pelo aumento nas receitas do serviço de banda larga e dados corporativos, além do crescimento da receita de longa distância nacional", destacou a Telesp.

Já a geração de caixa medida pelo Ebitda --sigla para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação-- somou 1,3 bilhão de reais de julho a setembro, contra 1,44 bilhão de reais em igual período de 2009. A margem Ebitda caiu para 32,6 por cento, queda de 4,2 pontos percentuais contra o ano anterior.

A empresa atribuiu a menor margem Ebitda, principalmente, a maiores despesas comerciais e de atendimento ao cliente, por gastos pela renegociação de contratos com fornecedores e com interconexão.

A Telesp terminou setembro com 11,3 milhões de linhas telefônicas fixas em serviço, queda de 0,4 por cento contra um ano antes. A base de assinantes do serviço de banda larga Speedy estava em 3,1 milhões, alta de 21,7 por cento em 12 meses. Em TV por assinatura, eram 466 mil clientes no encerramento do último trimestre, queda de 8,4 por cento na comparação anual.