Lucro da Telefónica dispara até setembro por ganhos com Vivo

quinta-feira, 11 de novembro de 2010 09:00 BRST
 

Por Robert Hetz

MADRI (Reuters) - A Telefónica registrou aumento no lucro líquido acumulado do ano, beneficiada pela compra da Vivo, mas em nível operacional os resultados foram mistos devido ao mau andamento do negócio na Espanha.

"A Espanha segue sofrendo da recessão e aumento da competitividade", disse o banco alemão West LB em nota a clientes.

Às 8h52 (horário de Brasília) as ações da empresa perdiam 1,23 por cento, enquanto o índice da bolsa de Madri perdia 0,65 por cento.

A operadora afirmou nesta quinta-feira que seu lucro líquido subiu 65,6 por cento nos primeiros nove meses do ano, para 8,84 bilhões de euros, graças a benefícios contábeis de quase 3,5 bilhões de euros oriundos da compra da Vivo.

O resultado ficou abaixo da previsão de analistas de 9,19 bilhões de euros.

A receita do grupo de janeiro a setembro cresceu 6 por cento, para 44,28 bilhões de euros, enquanto o resultado antes de juros e amortização cresceu 22,5 por cento, para 20,37 bilhões de euros.

Analistas consultados pela Reuters esperavam em média uma alta de 5,8 por cento na receita e 22,2 por cento no lucro antes de juros e amortização.

Com a compra dos 50 por cento da Vivo detido pela Portugal Telecom, a Telefónica firmou as bases para que a América Latina siga aumentando seu peso no grupo.   Continuação...