Intel compra empresa canadense de detecção facial

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 09:39 BRST
 

Por Alex Dobuzinskis e Noel Randewich

HUNTINGTON BEACH, Estados Unidos (Reuters) - A fabricante de chips Intel adquiriu uma empresa iniciante canadense de sensores digitais e anunciou a possibilidade de outras aquisições e investimentos rápidos para reforçar suas operações de chips integrados.

A CognoVision, de Toronto, usa pequenos sensores em forma de câmera e computadores instalados em placas e painéis, a fim de detectar rostos e verificar como as pessoas observam a publicidade ao caminhar por uma loja, o que permite adaptar os anúncios em tempo real.

A Intel espera que o mercado de "anúncios inteligentes" se expanda rapidamente nos próximos anos e quer que seus chips Atom cuidem das tarefas de computação desses dispositivos.

Além do mercado de sinalização, a Intel considera que sistemas integrados de entretenimento para uso em automóveis sejam alvos ideais para o uso de seus chips integrados.

"É uma área na qual, por não muito dinheiro, é realmente possível capturar algumas das principais empresas, o que acelera a entrada no segmento", disse o presidente-executivo da Intel, Paul Otellini, durante a 11a conferência anual Intel Capital CEO Summit, em Huntington Beach, Califórnia.

"Sistemas de gestão de energia residencial seriam outra dessas áreas, e é nelas que realizaremos investimentos estratégicos e aquisições seletivas", declarou.

A Intel também revelou no evento 77 milhões de dólares em investimentos em empresas iniciantes que têm por foco a computação em nuvem e televisão para a Web.

A Intel Capital, cuja missão é apoiar modelos de negócios que complementem a estratégia de longo prazo de sua controladora, informou ter assumido participações de capital em 18 empresas.   Continuação...