Google chega a acordo com editora para digitalização de livros

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 15:04 BRST
 

Por Leila Abboud

PARIS (Reuters) - O Google firmou um acordo com a maior editora de livros da França, a Hachette Livre, para escanear e vender livros esgotados, o que garante à Hachette amplo controle sobre o preço e conteúdo.

O acordo, anunciado nesta quarta-feira, cobre cerca de 50 mil títulos em francês, incluindo literatura, obras acadêmicas e livros de referência.

O acerto é simbolicamente importante em um cenário no qual editoras pelo mundo tentam proteger seus negócios da canibalização da Internet.

A Hachette tem frequentemente se mostrado agressiva na defesa do modelo de negócio da indústria de livros contra participantes da Internet tentando abocanhar parte do valor da cadeia de publicação.

"Controlaremos o preço dos livros", disse o presidente-executivo da Hachette Livre, Arnaud Nourry em teleconferência. "Isso deixa para trás anos de discordâncias com o Google."

O Google tem tido atritos com editoras pelo mundo sobre seu projeto, de 2004, que visa a criação de uma biblioteca universal online com conteúdo digitalizado.

Sob os termos do acordo, o Google fará uma lista das obras que deseja escanear à Hachette todo trimestre e a editora poderá dar ou não autorização.

O Google então disponibiliza os livros esgotados para leitura e compra na plataforma Google Books, mas a Hachette estabelece o preço.