Siemens cogita IPO para Nokia Siemens no médio prazo

sexta-feira, 19 de novembro de 2010 16:23 BRST
 

Por Arno Schuetze

FRANKFURT (Reuters) - Os controladores da Nokia Siemens Networks estão considerando eventualmente abrir o capital de sua joint venture de equipamentos de telecomunicações, uma vez que ambos buscam saídas de seus principais negócios.

"Se tudo continuar progredindo bem, é possível acontecer um IPO para a NSN no médio prazo", disse o vice-presidente financeiro da Siemens, Joe Kaeser, a jornalistas nesta sexta-feira, acrescentando que não planeja a oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) para o curto prazo.

A Nokia, maior fabricante de celulares do mundo, e o grupo industrial alemão Siemens anunciaram a fusão de suas unidades de equipamentos de telecomunicações em 2007, em acordo de seis anos que implica controle de 50 por cento para cada empresa, na expectativa de rapidamente chegar a margens de dois dígitos, mas a joint venture tem tido dificuldade para gerar lucro.

Concorrentes chinesas como Huawei e ZTE, além da líder de mercado Ericsson, têm conquistado uma participação cada vez maior de mercado nos últimos anos, beneficiadas pelas dificuldades enfrentadas pela NSN e a Alcatel-Lucent.

Ambas as empresas controladoras da NSN já registraram o valor de suas fatias na NSN, que segundo o grupo de pesquisas Bernstein Research, tem um valor de mercado de entre 7 e 8 bilhões de euros (9,8 e 11,2 bilhões de dólares).