Intel lança chip configurável em parceria com Altera

segunda-feira, 22 de novembro de 2010 17:52 BRST
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - A Intel afirmou nesta segunda-feira que vai combinar o processador de baixo custo Atom com os chips programáveis da Altera, buscando conquistar o mercado de equipamentos médicos e aplicações embarcadas.

A Intel, que tem processadores em 80 por cento dos PCs do mundo, está correndo para conquistar espaço em mercados de crescimento mais acelerado com a digitalização e interconexão de cada vez mais aparelhos de consumo e industriais.

Combinar o processador Atom, mais usado em netbooks, com os circuitos programáveis e integrados da Altera permite à Intel oferecer uma linha de chips que seus clientes poderão configurar de acordo com suas preferências, afirma a gigante dos microprocessadores.

Com o tradicional mercado de PCs amadurecendo, a Intel espera ver um aumento anual de 25 por cento na demanda por chips embarcados nos próximos quatro ou cinco anos.

Em setembro, a Intel lançou processadores para equipar computadores de veículos e aparelhos de televisão pela Internet. Na semana passada, a companhia comprou a canadense CognoVision, que produz letreiros digitais para anunciantes.