Facebook deixa pessoas mais sociáveis, diz estudo

terça-feira, 23 de novembro de 2010 19:38 BRST
 

NOVA YORK, 23 de novembro (Reuters Life!) - Diferentemente do que diz o senso comum, redes sociais como o Facebook não enfraquecem os laços pessoais entre pessoas, mas os fortalece de forma singular em diferentes idades, segundo uma nova pesquisa.

O rápido crescimento do Facebook, que hoje tem mais de 500 milhões de usuários em todo o mundo, gerou preocupações sobre os efeitos negativos das redes sociais, porém pesquisadores da Universidade do Texas chegaram a uma conclusão diferente.

"Nossas descobertas indicam que o Facebook não está substituindo interações cara-a-cara entre amigos, família e colegas", disse S. Craig Watkins, professor de rádio, TV e cinema que chefiou o estudo.

"Na verdade, acreditamos que há evidências suficientes de que as mídias sociais dão oportunidade a novas formas de expressão de amizade, intimidade e comunidade."

Os pesquisadores entrevistaram 900 estudantes universitários e jovens recém-formados sobre como e com quem interagem no Facebook.

Mais de 60 por cento dos usuários do Facebook afirmaram que atualizações de status estavam entre as atividades mais populares.

(Reportagem de Bernd Debusmann Jr)